FMP

Cefec recebe obras de Concilia Kede

Abertura da exposição “Retrospectiva de uma vida” contou com a presença do prefeito Aarão de Moura

Cefec recebe obras de Concilia Kede

Concilia Kede marca presença na abertura da exposição de suas obras e posa com autoridades

convidados, familiares e autoridades participam de abertura da exposição “Retrospectiva de uma vida”, com os trabalhos de Concilia Kede

A Prefeitura de Mangaratiba, por meio da Fundação Mário Peixoto, realizou na noite da última sexta-feira (14) uma homenagem a uma grande personalidade de Itacuruçá, a artista plástica Maria Concilia Marques Kede. O acontecimento marcou a abertura da exposição “Retrospectiva de uma vida”, com os trabalhos de Concilia Kede. O evento aconteceu no Centro Ferroviário Cultural (Cefec), em Itacuruçá, e contou com a presença do prefeito Aarão de Moura Brito Neto e da primeira dama Mônica Santos, demais autoridades e moradores do distrito.

A homenagem foi marcada pela emoção. Em seu discurso, o prefeito Aarão de Moura falou sobre a satisfação de participar do evento e relembrou sua infância. “Para mim é uma satisfação estar aqui homenageando uma pessoa que nos acolheu muito bem. A casa de dona Concilia sempre foi repleta de todos nós. Eu me lembro de quando findava as férias, as pessoas choravam, porque não queriam ir embora. Essa homenagem é mais do que justa, por tudo aquilo que ela representa, não só para sua família, mas para todos nós”, disse Aarão durante a abertura da exposição.

O presidente da Fundação Mário Peixoto, Alexandre Franklin dos Santos, falou sobre a honra de ter a oportunidade de conhecer a artista. “Tenho apenas seis meses de gestão na fundação e, com certeza, este evento é o mais expressivo que realizamos. A dona Concilia faz parte da história deste distrito, então me sinto honrado por ter tido a oportunidade de conhecê-la e ouvir suas histórias”.

Os filhos e os netos da artista emocionaram o público cantando “A onda”, uma canção de autoria de dona Maria Concilia. Em seguida, a aluna do Cefec, Lídia Fernandes, entregou à família da homenageada e as autoridades presentes, quadros inspirados nas obras do acervo, produzidos pela turma de pintura a óleo sobre tela. E para finalizar com chave de ouro a Banda da Escola Municipal Caetano de Oliveira alegrou a noite com peças musicais.

Moradores e visitantes da cidade podem conferir a exposição “Retrospectiva de uma vida” de segunda à sexta, de 8h às 16h. A entrada é gratuita e o espaço fica na Avenida Santana, 80, Itacuruçá. O evento também contou com a presença dos vereadores Helder Rangel e Emilson Coelho.

A HOMENAGEADA

Maria Concilia Marques Kede nasceu em 9 de agosto de 1925, em Olinda, PE. Estudou na Academia Santa Sofia na cidade de Garanhus-PE, onde se formou como professora em diversas áreas do saber: Arte, Francês, Inglês e Teatro.

Destacou-se nas aulas de pintura do mestre japonês Tadosh Caminagua, onde se especializou em pintura paisagista, retratando, magistralmente o mar e os rios.

Chegou a Itacuruçá, ainda jovem, aos 20 anos de idade. Dez anos mais tarde, em 1945 conheceu Sebastião Moraes Kede com quem se casou e constituiu família, tendo cinco filhos: Maria Virginia, Maria Paula, Frederico, Henrique e Flávio.

Trabalhou como professora em escola de Itacuruçá e como jornalista para os diários “O Jornal” e “O Globo”, mas sua paixão sempre foi a pintura, onde registrou muitas paisagens de Itacuruçá.

Muito influente na sociedade mangaratibense, foi amiga de Cecilia Ferraz, Raquel de Queiroz e de diversas personalidades nacionais, como Humberto Teixeira, além de ter fundado com o seu marido, Sebastião Kede, a primeira indústria de Itacuruçá - a Fábrica de “Sabão Kede” e o tradicional “Hotel Kede”.

 



Deixe seu Comentário